O blog feito para as noivas do interior de São Paulo
CERIMÔNIA E FESTA
Cerimônia e Festa
DressGo
Tips For Bride

O que é Elopement Wedding – ou Casamento a Dois?

Eis um formato para cerimônia de casamento que tem ganhado bastante espaço por aqui. Muitas noivas brasileiras – e nós também! – estão ficando cada vez mais encantadas com a ideia de um elopement wedding. Também conhecido como ‘casamento a dois’, é uma proposta nova, intimista e muito singela para ser vivida única e exclusivamente pelo casal de noivos.

Tem coisa mais linda e romântica do que isso?

Esse modelo de cerimônia resgata o verdadeiro significado do casamento. Gostamos tanto da proposta que resolvemos transformá-la em um lindo presente para um casal de leitores do blog. Convidamos as noivas que, assim como nós, fossem apaixonadas por este estilo de cerimônia a nos contar suas histórias de amor. Aquela que mais tocasse nossos corações seria a feliz ganhadora de uma super produção com direito a decoração, jantar romântico, docinhos, música, vestido de noiva e tudo o que um elopement wedding tem direito.

elopement-wedding-casamento-dois-brasil-1
Lost In Love Photography
elopement-wedding-casamento-dois-brasil-2
Jordan Voth
elopement-wedding-casamento-dois-brasil-3
Myrtle & Moss Photography

Recebemos muitas histórias, uma mais linda que a outra. Uma delas, a do nosso querido casal Martha e Oscar, foi a que mais nos emocionou. Agora, assim como eles, estamos contando os dias para dar início à super produção que irá tornar seu sonho uma linda realidade. Vocês poderão acompanhar os bastidores com a gente, aqui no blog – e também nas redes sociais do Tips for Bride (Instagram e Facebook).

Afinal, o que é e como funciona o casamento a dois?

Uma das grandes parceiras do blog nesse projeto lindo e super sensível é a assessora e cerimonialista Rosine Fretes, à frente da Armonie Eventos. De cara, ela amou a ideia e ficou encantada com o projeto! Como ainda é um formato novo no Brasil, claro que nós a convidamos para esclarecer todas as possíveis dúvidas das noivas. Apostamos que, depois de ler, você já vai começar a buscar o cenário perfeito para poder viver essa intensa e emocionante experiência a dois!

Confira a entrevista para lá de especial! Cheia de muitas dicas, informações e conselhos de quem é uma verdadeira especialista no tema!

elopement-wedding-casamento-dois-brasil-4
Tyler Branch
elopement-wedding-casamento-dois-brasil-6
Desiree Shuey Photography / Michele Roth
elopement-wedding-casamento-dois-brasil-5
Nisha Ravji Photography

Dicas para as noivas – por Rosine Fretes, da Armonie Eventos

Antes de mais nada, vale esclarecer o significado da palavra em inglês. Elope, em inglês, significa fugir de algum lugar e não retornar ao seu ponto de origem. Por sua vez, a palavra elopement foi escolhida para definir um tipo de casamento mais intimista, onde só os noivos participam. É um casamento a dois, igual a um casamento normal, mas sem convidados.

É como se o casal fugisse da cidade deles para casar longe de tudo, a sós, mas, com uma cerimônia que tenha tudo que eles têm direito e sonham, como: vestido de noiva, buquê, traje do noivo, troca de votos e muito amor envolvido. Enfim, são cerimônias muito íntimas, descomplicadas, mas tocantes e emocionantes.

Casamento a dois: É indicado para todos os casais?

Este tipo de cerimônia é perfeito para noivos que se encontram em diversas situações. Independente de qual seja, eles querem registrar este momento único de suas vidas! Fiz uma listinha com alguns perfis de noivos que optam pelo formato do elopement wedding.

elopement-wedding-casamento-dois-brasil-7
Lauren Fair Photography
elopement-wedding-casamento-dois-brasil-9
Phil Wenger Photography / Sidney Campelo
elopement-wedding-casamento-dois-brasil-8
Gustavo Franco Fotografia
  • Casais que querem economizar ou que não tem dinheiro suficiente para fazer uma grande festa
  • Casais que querem fugir de conflitos familiares, situações em que nem todos concordam com o casamento ou com a forma escolhida pelos noivos
  • Casais que buscam a praticidade de planejar um casamento só para os dois, apesar de todos os detalhes envolvidos
  • Casais que sonham em viajar para um determinado lugar e, na viagem, realizar a cerimônia
  • Casais que acham que festas tradicionais caminham em sentido contrário ao modo que eles vêem a vida
  • Casais que já se casaram outras vezes e não querem mais fazer a festa
  • Casais de religiões diferentes
  • Casais que acreditam que faz mais sentido fazer algo só para eles dois porque desejam uma celebração mais intimista

Como começar a organizar o elopement wedding?

Apesar do elopement wedding parecer ser bem simples, é importante saber que exige muita dedicação para sua organização. Muitas vezes, mais do que em um casamento tradicional. Porque quase sempre tudo é feito à distância antes do grande dia.

elopement-wedding-casamento-dois-brasil-11
Chris & Ruth Photography
elopement-wedding-casamento-dois-brasil-10
Lara Lam / Jimmy Choo
elopement-wedding-casamento-dois-brasil-12
Yuska Fotografia

O local da celebração é o primeiro item a ser escolhido. Isso irá depender, basicamente, do sonho e estilo de cada casal. Alguns escolhem se casar em fazendas, florestas, cachoeiras, topos de montanha, praias desertas, capelinhas ou embaixo de uma árvore linda. Ou seja, lugares que não comportariam um número grande de convidados e que tem um significado especial para eles. Além disso, é importante escolher um local bonito por natureza porque assim os noivos não precisam se preocupar muito com a decoração.

Depois de escolher o local, começa a pesquisa sobre os fornecedores para casamento da região. Como os noivos provavelmente não estarão lá para organizar a cerimônia, acho crucial a contratação de uma empresa de assessoria e cerimonial. Preparar um casamento à distância tem sua complexidade. Por isso, é essencial ter um profissional cuidando de todos os detalhes no local onde acontecerá o casamento. Isso traz tranquilidade ao casal e garante que tudo sairá como planejado.

Dicas básicas para um elopement wedding perfeito

Com local e assessoria escolhidos, é hora de partir para a escolha dos outros fornecedores como celebrante, fotografia e vídeo, decoração e todos os demais detalhes.
Em relação ao celebrante, ele pode ser religioso, um juiz de paz ou um amigo dos noivos que falará algumas palavras rapidamente. Em seguida, os noivos lêem os votos que foram escritos por eles próprios.

elopement-wedding-casamento-dois-brasil-piquenique
Brad and Jen
elopement-wedding-casamento-dois-brasil-13
Maria Grace Photography / Matthew Davidson Photography

No final da cerimônia, acontece a troca de alianças e o beijo dos noivos. A escolha do fotógrafo e cinegrafista deve ser muito criteriosa porque eles serão responsáveis em captar e registrar com excelência toda a emoção do momento sem interferir na cerimônia.

Outro fornecedor que acho muito importante ter no elopement wedding é a música. Ela sempre complementa e dá aquele toque de emoção extra nas cerimônias de casamento. Como na maioria das vezes o local escolhido é muito bonito, uma decoração simples apenas complementa e exalta a sua beleza natural.

Após a cerimônia e a sessão de fotos, os noivos devem comemorar! Afinal, este é um momento único. Esta comemoração pode ser com um brunch, um piquenique ou um jantar romântico à luz de velas. Ainda existe a opção dos noivos reservarem um restaurante bem legal ou fazerem um luau a dois – caso a cerimônia seja à beira mar.

Quanto custa fazer um casamento a dois?

O elopement wedding é, de forma geral, muito mais barato que um casamento tradicional. Os gastos mais comuns são com trajes dos noivos, fotografia e filmagem e a celebração em si. Caso o casal queira incrementar com música e jantar romântico, ele ainda continua mais econômico.

Não existem convidados, não há gastos com buffet, bebidas, locação de espaço, lembrancinhas, dentre outros serviços comuns às celebrações tradicionais. As empresas costumam trabalhar com um orçamento bem enxuto, levando em consideração que o casamento será feito somente para o casal.

elopement-wedding-casamento-dois-brasil-topo-montanha
Joshua Mikhaiel

Devo apostar na ideia do casamento a dois?

Elopement wedding é perfeito para casais que sonham com um momento simples e íntimo, só entre eles, para selar a união. Por um lado, eles querem a tradição do vestido de noiva, da troca das alianças, dos votos, do buquê e das fotos do casal. Por outro, não gostam da ideia de fazer uma festa grande e tradicional, cerimônia com todos os amigos e familiares ou assumir muitos gastos. Ou seja, se é o desejo do casal dar um tom mais íntimo a união e fugir do tradicional, escolher o casamento a dois é a melhor opção!

Para casais românticos, o elopement wedding é perfeito porque ele permite manter a intimidade e exagerar no romantismo – para que esse momento fique ainda mais incrível e inesquecível. Afinal, as pessoas mais importantes em um casamento são os noivos – e eles estarão sós e livres para expressar todo o amor que sentem um pelo outro.

É um conceito tão íntimo e particular, que a única preocupação do casal é viver e sentir a emoção da cerimônia. Estar juntos para que a experiência seja compartilhada, assim como o resto de suas vidas. Por isso, é muito importante que tudo seja idealizado e organizado para que fique a cara do casal, desde o local até a equipe que registrará o momento.

O importante não é a quantidade de “coisas” que existe num casamento, mas sim as lembranças que ficarão desse dia. Por isso, meu conselho é viver intensamente este dia, olhar nos olhos, trocar sorrisos e abraços. Chorar, se beijar e jamais se esquecer do verdadeiro sentido do casamento

Tips For Bride

Cores na decoração do casamento: Como escolher?

Verde e branco é para casamento clássico e cores vibrantes é para casamento mais moderninho. Toda noiva já deve ter ouvido questões e paradigmas do tipo. Mas, afinal, eles fazem sentido? Ou é possível criar um ambiente moderno e contemporâneo com cores mais clássicas?

decoração colorida em mesa de doces de casamento moderno
Petit Decorações

Resta a dúvida: a paleta de cores é capaz de definir o estilo do seu grande dia? Sem dúvidas, é um dos principais itens para traduzir a personalidade dos noivos. Apesar disso, outros fatores também são levados em consideração no projeto de decoração. São tantas dúvidas que só mesmo uma especialista para nos ajudar. Dessa vez, convidamos a Verônica Hauch, da Petit Decorações, para dar dicas especiais sobre as cores no seu casamento.

Clique aqui e conheça mais sobre a Petit Decorações (São José dos Campos)

Com muito bom gosto, talento e delicadeza para criar projetos únicos, a decoradora Verônica esclarece as principais dúvidas dos noivos em relação à paleta de cores. É um dos primeiros itens a serem definidos – e também um dos mais difíceis. Não se trata apenas de uma questão de estética, já que as cores têm uma linguagem própria.

mesa de doces em casamento clássico
Petit Decorações
festa de casamento com decoração clássica
Petit Decorações

Dar vida e colorir seu sonho

As cores do seu casamento são capazes de traduzir os sentimentos, o estilo e a personalidade dos noivos. São algumas tonalidades básicas para dar início o projeto de decoração e também definir os detalhes de identidade visual. “Antes de tomar qualquer decisão, o mais importante é saber a personalidade dos noivos. Isso que vai direcionar o nosso trabalho”, explica a decoradora Veronica Hauch, da Petit Decorações.

“Basicamente, precisamos saber o local e o horário do casamento. Sem isso, fica difícil começar a trabalhar o projeto. Uma decoração ao ar livre é bem diferente de uma decoração dentro de um salão, assim como uma decoração noturna e outra durante o dia”, comenta. Reunir algumas referências para a primeira reunião com o decorador é uma ótima dica! Contar sobre a história de vocês e selecionar algumas cores favoritas também pode facilitar o processo para definir a paleta de cores.

luzinhas em decoração de festa de casamento moderno
Petit Decorações
menu do buffet em festa de casamento moderno
Petit Decorações

Significado das cores na decoração

Além de transmitir a personalidade dos noivos, as cores também carregam uma forte carga emocional. Independente do estilo escolhido – mais romântico, clássico ou contemporâneo – os tons refletem uma simbologia. Paz, alegria, felicidade ou amor: são inúmeros os significados em relação às cores e muitos casais se baseiam neles para criar o projeto de decoração do casamento.

“As cores escolhidas refletem a essência do casal e o que eles pretendem transmitir aos seus convidados”, explica a decoradora Veronica, da Petit Decorações. “É muito possível ter um casamento moderno com as cores tidas como clássicas, como o verde e o branco. Nem só de cor vive a ambientação de uma festa! Hoje, há uma forte tendência de arranjos desestruturados, com bastante folhagens. Eles são super modernos! Podemos aliar isso a uma mesa de bolo totalmente desconstruída, por exemplo. Composta por várias mesas com diferentes alturas. Utilizando luminárias modernas e mantendo as cores clássicas como o verde e o branco para compô-la”, diz.

cadeiras de cristal em decoração clássica em festa de casamento
Petit Decorações

Muito além das cores do casamento

Definir a paleta de cores é apenas o primeiro passo para a decoração do seu grande dia. O estilo dos móveis escolhidos, dos objetos decorativos e até mesmo das flores é que ditarão o estilo do casamento. “Na hora de compor um projeto, levamos em consideração outros elementos, especialmente o tipo de material. Os detalhes é que definem a composição do projeto, como itens em prata, resina, madeira ou espelho”, explica a decoradora Veronica Hauch, da Petit Decorações.

Mesmo em festas de casamentos com decoração colorida, existe uma paleta de cores por trás do projeto. Definir as cores básicas para o seu grande dia é essencial – e um dos primeiros passos a serem definidos. “Não dá para fazer um projeto sem ter uma definição de cores. Numa ambientação, vários itens estão envolvidos, como forminhas dos doces, papel do bem casado, flores e almofadas. Tudo precisa conversar para criar algo harmônico”, finaliza.

Tips For Bride

10 dicas para garantir fotos incríveis no pré-wedding

Viver os preparativos do casamento é uma delícia!

Cada minuto entre o noivado e o grande dia é especial e deve ser aproveitado ao máximo. Um período cheio de emoção e descobertas, onde o tempo parece voar.

Assim como o casamento, esta fase única também merece ser registrada. Um dos objetivos do pré-wedding é exatamente eternizar essa fase cheia de emoções. Existe coisa melhor do que dar uma pausa na correria dos preparativos do casamento e curtir um dia a dois?

noivos sorrindo
Vinicius Donha

Para que as fotos fiquem perfeitas, basta esvaziar a mente e se entregar à experiência. Nada de ficar pensando nos detalhes da cerimônia ou da festa do casamento. Conversamos com o fotógrafo Vinicius Donha sobre as principais dicas para um ensaio pré-wedding dos sonhos. Ele é um mestre na arte de captar os momentos mais especiais e a essência do casal diante da câmera.

Fotografia de casamento: Perguntas antes de assinar o contrato

First Look: Ensaio fotográfico antes da cerimônia

Making of do casamento: Devo fotografar esse momento?

Especialista em contar histórias de amor de maneira autoral, utilizando a fotografia documental e lifestyle, ele elaborou um guia prático com 10 dicas especiais para o ensaio pré-wedding. Um compilado de dicas práticas, feito especialmente para você que está prestes a subir ao altar. Confira!

noivos na chuva, segurando guarda-chuva transparente
Vinicius Donha

Timidez diante das câmeras 

Eis um dos principais dilemas dos noivos na hora de optar pelo pré-wedding.

A vergonha em ser fotografado acaba, muitas vezes, falando mais alto. Uma boa notícia é que o ensaio de fotos pode ser especial até mesmo para aqueles que evitam os flashes. A timidez não é um fator limitante para um resultado incrível – muitas vezes, exatamente aí que mora o charme dos noivos.

Transbordando amor e felicidade, as imagens do pré-wedding são encantadoras. Elas são tão bonitas que, muitas vezes, passam a ser mais do que boas recordações. A beleza dos cliques é tanta que os noivos optam por compartilhá-los com seus amigos e familiares.

noiva tomando café e e noivo sorrindo
Vinicius Donha

1 – É hora de relaxar

É comum que a ansiedade e o nervosismo aumentem à medida que o casamento se aproxima. A preocupação em excesso faz com que os noivos deixem de curtir momentos importantes e que deixarão saudades. Definitivamente, o pré-wedding é um deles.

Encare a experiência do ensaio fotográfico como um presente especial para vocês. É hora de relaxar e curtir esse momento diferente e cheio de novidades! Junto com seu fotógrafo, defina o estilo das fotos, escolha um local bem bacana e deixe todas as preocupações de lado. “Sempre fazemos questão de reservar um dia inteiro para o ensaio. Assim, os noivos podem aproveitar e reduzir o nível de estresse às vésperas do casamento, explica o fotógrafo Vinicius Donha.

2 – Quanto mais intimidade, melhor

“Quando o casal faz o pré-wedding, eles não se sentem muito constrangidos com a nossa presença durante o casamento. Isso é muito importante, já que, entre o making of e a festa, são quase 12 horas juntos”, esclarece Vinicius Donha. A sintonia com o fotógrafo é essencial para garantir um resultado cheio de emoção.

Conhecer pessoalmente os profissionais que estarão envolvidos durante o pré-wedding pode deixar tudo mais leve e gostoso. Nossa dica é: agende uma reunião para discutir sobre as principais ideias, sonhos e expectativas em relação ao ensaio de fotos. Tenha certeza que isso fará a diferença para clicks mais espontâneos e descontraídos entre vocês. A sessão costuma durar, em média, três horas.

noivos com meias divertidas tomandocafé da manhã
Vinicius Donha

3 – O melhor lugar do mundo

Não existem regras para definir o local do pré-wedding. Pode ser uma praia paradisíaca, um cenário deslumbrante ou a própria casa de vocês. Desde os lugares mais espetaculares até os mais singelos, o mais importante é que ele tenha um significado especial para vocês.

“Podemos sugerir alguns locais, mas preferimos quando os noivos já vêm com ele definido. Algo que faça sentido para eles, que esteja relacionado à história deles”, comenta o fotógrafo Vinicius Donha. Algumas sugestões seriam: o lugar onde vocês se conheceram, onde tiveram o primeiro encontro ou o primeiro beijo são ótimas opções.

Como escolher o local do pré-wedding?

Se vocês amam o litoral, faz todo o sentido escolher as praias como destino para o pré-wedding. Do contrário, não faz muito sentido. “Nós tivemos um casal que o noivo era apaixonado por aviação e a noiva trabalhava como aeromoça. Eles não faziam ideia da locação do espaço para as fotos e nós sugerimos que o ensaio acontecesse no hangar do Campo de Marte, em São Paulo. Eles toparam na hora e estão super empolgados com a ideia”, conta o fotógrafo Vinicius Donha.

silhueta dos noivos com por-do-sol ao fundo
Vinicius Donha

O mais importante? Que o local tenha alguma ligação com a história de vocês.

“Outra sugestão que já fizemos foi fotografar em Campos do Jordão, cidade que o casal sempre passava as férias de inverno desde que se conheceram. Uma história curiosa e super diferente foi um casal que já estava na fase de montar o apartamento durante os preparativos para o casamento. Nós captamos esse momento e fotografamos com o apartamento em obras para eternizar essa fase tão especial para eles”, diz o fotógrafo.

4 – Se você é tímido, seu lugar é aqui

Fotografias espontâneas são um dos fatores mais importantes para um ensaio emocionante e cheio de significado. Mas, afinal: como conseguir ser descontraído se vocês morrem de vergonha das câmeras?

“Não adianta falar para ele parar de ser tímido, isso não funciona”, diz o fotógrafo Vinicius Donha. O segredo é conseguir captar sua essência e garantir clicks que irão surpreendê-los. “Sempre me lembro de um noivo que, ao receber as fotos, teve a reação mais inesperada possível. Ele disse que era a primeira vez em que se via nas fotos e tinha gostado do resultado. Ele conseguiu se ver no nosso olhar de fotógrafos. O melhor presente que podemos receber”, conta.

Na maioria das vezes, os homens são os primeiros a descartar a possibilidade do pré-wedding. Se esse é o seu caso, um bate papo com a equipe de fotografia pode ajudá-lo a entender a importância do ensaio de fotos. Além disso, ele poderá ouvir experiência de outros noivos e conferir o resultado final. Quem sabe ele não se anima também?

noivos sorrindo
Vinicius Donha

5 – Be yourself: Seja você mesmo

Difícil encontrar alguém que tenha tamanha intimidade com uma câmera fotográfica, a ponto de se sentir à vontade diante dela. É praticamente impossível ser espontâneo ao ver aquela lente enorme apontada em sua direção.

Como já falamos, no pré-wedding é essencial que o clima de descontração se faça presente. Quanto mais espontâneos os registros, melhor o resultado. Eis a dúvida que não quer calar: o que fazer para conseguir atingir o resultado esperado? Como passar longe das fotos posadas, sem expressão ou sentimento?

A grande sacada é focar na personalidade dos noivos. “Não faz sentido fazer fotos iguais se as pessoas não são iguais. O nosso dever é fazer com que se sintam à vontade. Desempenhando um trabalho de direção aliado a arte de fotografar”, explica Vinicius Donha. Nessa hora, a experiência e o talento do profissional de fotografia podem fazer muita diferença em deixá-los à vontade – ou não.

6 – Sinergia do casal com o fotógrafo

Estreitar a relação com seu fotógrafo faz toda a diferença. Este é um ponto importante – e que merece atenção especial. “A partir do momento que o casal fecha o contrato, nós criamos mais intimidade com eles. Vamos conversando e buscando informações sobre seus gostos pessoais e aquilo que faz sentido para eles”, comenta Vinicius Donha.

A proximidade realmente influencia no resultado final do pré-wedding. Por isso, quanto mais o profissional conhecer vocês, maiores as chances dele conseguir capturar sua essência. Saber cada detalhe desta história de amor, também é primordial.

“Na reunião de briefing, buscamos quem são eles, como se conheceram, qual é o relacionamento com a família”, comenta o fotógrafo Vinicius Donha. A partir daí, fica mais fácil planejar o ensaio e fazer sugestões de temas e locais que realmente tenha a ver com vocês.

noivos com balão de coração
Vinicius Donha

7 – Fotos do pré-wedding na hora certa

Dois a três meses antes do casamento.

“É o momento perfeito em que a ansiedade e a expectativa dos noivos estão a mil”, comenta o fotógrafo Vinicius Donha. Com as emoções à flor da pele, os registros sempre ficam mais sensíveis e românticos. Em cada foto e em cada olhar, dá para perceber os sentimentos do casal. É tão gostoso quando o ensaio traduz exatamente aquela sensação boa, não é mesmo? O amor, a alegria e a cumplicidade que estão sentindo naquele momento tão especial em suas vidas.

Outra vantagem de fazer o pré-wedding com antecedência é usar as imagens no site de casamento, no Save the Date ou até mesmo na decoração da festa.

8 – Vale a pena investir?

Na hora de fechar o ensaio pré-wedding, a questão financeira acaba pesando na decisão. Ao avaliar o investimento total, infelizmente, ele é uma das primeiras coisas a ser descartadas pelos noivos.

É importante ter em mente o significado deste momento nos preparativos para o grande dia. Se o seu critério para desistir de viver esta experiência for o custo, vale bater um papo com seu fotógrafo. Antes de tomar a decisão, pergunte para o profissional o que ele pode fazer por vocês. “Não queremos que eles se arrependam por conta da situação financeira”, explica o fotógrafo Vinicius Donha.

noivos trocando carinho
Vinicius Donha

9 – À busca do dia perfeito

Não existem regras para eleger o melhor dia e lugar para seu pré-wedding.

No entanto, ao contrário do que muitos pensam, sábados e domingos não são os melhores dias para isso. Vale pensar com carinho na possibilidade de eleger um dia da semana para se dedicar ao ensaio. “Caso os noivos consigam conciliar com o trabalho e os demais compromissos, fica perfeito!”, afirma o fotógrafo Vinicius Donha.

Os locais públicos – como praças, parques ou praias – são sempre os favoritos dos noivos. Nesses casos, a nossa dica é sempre escolher dias e horários mais tranquilos, em que o fluxo de pessoas seja o menor possível. Isso ajuda a deixá-los mais à vontade – além da paisagem totalmente exclusiva para vocês!

10 – Contrate o olhar do fotógrafo

Imagens do Pinterest e do Instagram são pura inspiração!

É muito comum as noivas mostrarem como referência para seus fotógrafos. A boa notícia é que dá para conseguir um bom resultado misturando imagens autorais – e também registrar aquelas que você tanto sonhou.

É importante ter em mente que ao contratar um fotógrafo, você e seu noivo estarão contratando o olhar dele. “Trazer uma referência para o fotógrafo é muito válido, mas tudo deve ser avaliado e ponderado com os noivos. A conversa com o casal é muito importante!”, comenta Vinicius Donha.

Para não haver nenhum tipo de atrito ou arrependimento, nossa dica é sempre alinhar as expectativas. É importante entender que o trabalho do profissional contratado consiste em fotografar o casal e contar sua história sob a ótica dele.

noivos tímidos
Vinicius Donha

Tips For Bride

Noiva

Planejamento

Cerimônia e Festa

Especial: Interior de SP
Casamentos Reais

Colunistas

Guia de Fornecedores

Tips For Bride Tips For Bride Tips For Bride
Tips For Bride