O blog feito para as noivas do interior de São Paulo
CERIMÔNIA E FESTA
Cerimônia e Festa
DressGo
Tips For Bride

Fotos posadas com pais e padrinhos: Devo fazê-las?

Antes da cerimônia, os noivos mal conseguem se controlar de tanta ansiedade e emoção por estarem prestes a viver um dos momentos mais especiais de suas vidas. É tanto carinho de pessoas queridas, foram tantos meses de preparativos que, tudo o que eles querem é comemorar e celebrar esse amor tão lindo. Apesar da euforia para finalmente brindar esse dia tão especial e curtir a festa com os seus convidados, existem as tradicionais fotos posadas com os pais e padrinhos. Essa é uma dúvida muito frequente entre os casais: afinal, eu preciso mesmo dedicar um tempo a esse momento ou posso ir direto para a festa do casamento? Para nos ajudar a esclarecer essa questão tão delicada, convidamos o fotógrafo Kleber Fernandes para participar dessa discussão.

Muitos noivos me pedem para pular esse tipo de foto, pois eles gostam só de fotos espontâneas e não querem perder tempo”, explica Kleber. Natural de Jundiaí e com um portifólio de casamentos por todo o Brasil, ele é especialista em captar os momentos mais inesquecíveis desse dia cheio de emoção. Apesar de parecer um pouco burocrático, são fotos que ficarão documentadas para sempre, especialmente para as próximas gerações. Para aqueles casais que não vêm a hora de curtir a festa de casamento, a nossa dica é tente otimizar o tempo e garantir as clássicas fotos de uma maneira leve – e até mesmo divertida. “Eu já explico na minha primeira reunião com os noivos a importância deste momento. Cerca de 30 dias antes do casamento, eu envio um briefing com todos os detalhes do estilo de fotografia com os pais e padrinhos”, conta o fotógrafo Kleber Fernandes.

fotografia-casamento-campo-noivos-familia
As fotografias posadas com os pais dos noivos viram um documento muito importante das próximas gerações da sua família (Foto: Kleber Fernandes)
fotografia-casamento-noivo-padrinhos-fotos-posadas-divertidas
Para os noivos que preferem fotos mais espontâneas, dá para criar poses divertidas e abusar do bom humor para um álbum cheio de alegria e alto astral (Foto: Kleber Fernandes)

Abaixo, um bate-papo super leve, descontraído e cheio de informação com tudo o que você precisa saber sobre fotografias posadas no dia do casamento. Vamos lá, noivinhas?

Mesmo em casamentos mais leves e descontraídos, é essencial que os noivos façam as tradicionais fotos posadas? Por que?

As fotos pousadas de pais e padrinhos nada mais é do que um registro da família, ou melhor, da união de duas famílias. Isso já faz dele um momento muito importante. Uma forma dos noivos refletirem sobre esse momento é: não pense na importância desta foto para hoje. Pense nela daqui uns 20 ou 30 anos e reavalie a sua importância, elas viram um documento muito importante das próximas gerações da sua família. 

Em geral, qual é o tempo gasto para produzir as imagens com a presença de noivos, pais, padrinhos? Como funciona a logística?

Em todos os casamentos que eu fotografo, sempre envio para os noivos um briefing com algumas perguntas, cerca de um mê antes do casamento. Uma das perguntas é: como gostariam de fazer as fotos de pais e padrinhos. Por exemplo, elas seriam na própria mesa do bolo ou num local externo, casal por casal, a noiva com as madrinhas, etc. Com essas informações pré-definidas eu ganho tempo no ensaio, ao invés de ficar pensando na hora o que fazer. Não demoraria mais que 15 a 20 minutos. Eu compartilho com a cerimonialista/assessora e elas sempre me ajudam na logística das fotos sugeridas. Vale ressaltar que os noivos têm total liberdade de mudar essas pré definições que foram combinadas no briefing.

Essas fotos são produzidas em que momento: logo depois da cerimônia, quando os noivos chegam no salão, antes ou depois do ensaio pós-cerimônia do casal?

Sugiro sempre logo após a cerimônia. Neste momento, os convidados vão chegando e se acomodando no salão, é o tempo ideal para fazer o ensaio com os pais e padrinhos. Em seguida, fotografamos só os noivos. Nesta sequência, as fotos são quase sempre em ambientes externos.

Quando os noivos optam por fazer as tradicionais fotos posadas junto à mesa do bolo, a logística é um pouco diferente. O ideal seria fazer a sessão dos noivos antes deles entrarem no salão. Assim que eles fazem a entrada, dirigimos para a mesa do bolo para dar sequência das fotos pousadas. Do meu ponto de vista, o ponto negativo seria que a mesa de doces carrega muita informação e fica difícil dar destaque para os noivos, seus pais e padrinhos.

fotografia-casamento-noivo-madrinhas-fotos-posadas-divertidas
Diversão é a palavra de ordem para os noivos que preferem fotos mais espontâneas. Elas são perfeitas para clicks com as madrinhas e padrinhos. (Foto: Kleber Fernandes)
fotografia-casamento-campo-noivos-familia-2
As fotos de pais e padrinhos seria uma forma de agradecimento para essas pessoas, já que elas foram muito bem escolhidas por vocês. (Foto: Kleber Fernandes)

Quais são os cenários preferidos para as fotos posadas?  

Percebo uma forte influência das fotos pousadas serem em uma área verde, já que o ambiente ao ar livre dá um destaque maior às pessoas e aos vestidos da noiva e das madrinhas. Em casamentos realizados à noite, os cenários com luzinhas são super charmosos. Apesar de ser bem tradicional, as fotos posadas à frente da mesa do bolo já não é uma das preferidas dos noivos. É um tipo de foto que todos já esperam e eles querem algo diferente e que seja único no casamento deles.

Quais seriam as principais dicas para transformar esse momento em algo divertido, rápido, descontraído e prazeroso?

Eu gosto de começar fazendo as fotos descontraídas com todos juntos. Assim vamos quebrando o gelo de todos. Na sequência, fotografamos as fotos de casal por casal, assim eles ficam mais relaxados.

Como o estilo do fotógrafo também pode influenciar num resultado mais bonito e surpreendente ao registrar esse momento?

Eu sou um fotógrafo documental e não gosto de interferir em nenhum momento do casamento. Nunca pedirei um sorriso, esses acontecimentos existem no casamento, só basta você encontrá-los. Se você pedir um sorriso, perde o encanto. Durante o ensaio com noivos, pais e padrinhos, é o único momento que não posso deixar de dirigir, pois preciso da conexão deles comigo.

Para seus clientes, quais seriam algumas dicas em relação ao registro tradicional com pais e padrinhos, o que você costuma dizer a eles?

Não deixem de fazer essas fotos. Como vocês podem ter visto, elas não demandam muito tempo. Seus pais vêm de uma geração da fotografia mais clássica do casamento, eles já esperam pelas fotos pousadas. Podem ter certeza que já devem ter um porta retrato esperando para expor essa foto. Para os padrinhos, vocês podem retribuir o agradecimento fazendo o contrário, dando de presente um porta-retrato de uma foto com eles do ensaio. Fica mais alegre se for uma foto descontraída com todos os padrinhos. Resumindo: as fotos de pais e padrinhos seria uma forma de agradecimento para essas pessoas, já que elas foram muito bem escolhidas por vocês. Permitam-se, elas fazem a diferença!

fotografia-casamento-noivo-padrinhos-fotos-posadas-divertidas-superherois
Mesclar fotos mais tradicionais com registros bem humorados deixa o álbum de casamento mais leve e descontraído (Foto: Kleber Fernandes)
fotografia-casamento-noivos-padrinhos-fotos-posadas-beijo-luzinhas
Em casamentos realizados à noite, os cenários com luzinhas dão um charme todo especial nas fotos posadas com os pais e os padrinhos (Foto: Kleber Fernandes)
fotografia-casamento-noivos-padrinhos-fotos-posadas-mesa-bolo
Há também noivos que prefiram produzir as tradicionais fotos posadas na mesa de bolos do salão de festas (Foto: Kleber Fernandes)
fotografia-casamento-noivo-padrinhos-fotos-posadas
São aproximadamente de 15 a 20 minutos para produzir as fotos posadas com os pais e padrinhos. Depois, é só curtir a festa que vocês planejaram com tanto carinho! (Foto: Kleber Fernandes)
Tips For Bride

Fotografia em preto e branco para o álbum de casamento

São meses de preparativos, projetos e sonhos para o dia do casamento. Durante muito tempo, os noivos se planejam para que a cerimônia e a festa aconteçam como eles sempre sonharam. As mais lindas memórias desse dia ficarão marcadas para sempre na vida do casal. Como recordação material, eles terão os registros de fotografia e vídeo. São imagens capazes de fazê-los reviver esse sentimento tão especial – além de servir como inspiração para as próximas gerações de sua família. Um momento tão único merece clicks incríveis e um álbum de fotos impecável. Nesse quesito, a fotografia em preto e branco é uma das favoritas das noivas. Elas são clássicas, elegantes, atemporais e deixam qualquer álbum de casamento mais bonito.

“Quanto mais sentimento envolvido no momento da fotografia, melhor. O preto e branco torna a imagem mais impactante quando existe emoção”, explica o fotógrafo Diogo Massarelli, de Itatiba, no interior de São Paulo. “Os momentos inusitados ou aqueles mais emocionantes são os melhores para garantir fotos incríveis. Uma lágrima, um sorriso, um flagrante… Podemos dizer que elas são indispensáveis. A falta de cores tira algumas sensações que elas causam em nosso cérebro, dando espaço para a emoção real da foto”. Em relação à quantidade e ao percentual de fotos em preto e branco, não existe um número ideal. Cada casal tem suas preferências e determina qual será a composição do material fotográfico.

fotografia-diogo-massarelli-album-casamento-preto-branco-1 fotografia-diogo-massarelli-album-casamento-preto-branco-3 fotografia-diogo-massarelli-album-casamento-preto-branco-2 fotografia-diogo-massarelli-album-casamento-preto-branco-4

“É possível se trabalhar com um álbum inteiro em preto e branco, caso a cliente seja apaixonada por tal estilo de imagem. Geralmente, trabalhamos com uma média de 20% a 30% do total. As imagens em preto e branco tendem a ser o ponto forte em um álbum de casamento”, explica Diogo Massarelli. É um estilo de fotografia atemporal, que se encaixa perfeitamente em diversos momentos, desde o making of, cerimônia, ensaio dos noivos e festa de casamento. A fotografia black and white ou PB, como também é conhecida, traz a emoção como principal destaque – e por isso é tão irresistível para os noivos apaixonados. Nada melhor que um registro com doses extras de romantismo para eternizar esse momento único na vida do casal.

fotografia-diogo-massarelli-album-casamento-preto-branco-5 fotografia-diogo-massarelli-album-casamento-preto-branco-6 fotografia-diogo-massarelli-album-casamento-preto-branco-8

A cobertura fotográfica do casamento pode tranquilamente ser feita totalmente a cores e, depois, transformada em preto e branco. “Particularmente, eu prefiro fotografar certos momentos no formato preto e branco para captar a luz exata e manter todos os detalhes da imagem. Fotografando no formato RAW (o nome vem do termo inglês que significa CRU conhecido também como negativo digital), é possível fotografar direto em preto e branco e ter a mesma imagem também convertida a cores”, explica o fotógrafo Diogo Massarelli. “Em quase toda fotografia, os melhores horários em ambientes abertos são quando a luz não atingiu o ponto alto (até 9h e após 16h). Como diz o ditado, tudo que é bom dura pouco: é assim com a luz! Buscar contrastes entre luzes e cores ajuda muito a destacar qualquer cena”.

fotografia-diogo-massarelli-album-casamento-preto-branco-7 fotografia-diogo-massarelli-album-casamento-preto-branco-10 fotografia-diogo-massarelli-album-casamento-preto-branco-9

Durante as reuniões com seu fotógrafo, vale reforçar seu gosto pessoal, dividir algumas ideias sobre o resultado esperado e, especialmente, buscar um profissional que atenda ao seu estilo. Falando não apenas de fotografias em preto e branco, o álbum de casamento é uma das únicas recordações materiais desse dia tão inesquecível – por isso, todo cuidado é pouco na hora de definir os detalhes. “Não é aconselhável misturar fotos em preto e branco com fotos coloridas. Eu prefiro deixar toda a lâmina em PB, assim a fluidez da leitura se mantém e a lamina do álbum se torna mais agradável”, opina. Ao longo do texto, nós compartilhamos com vocês um pouco do trabalho do fotógrafo Diogo Massarelli em diferentes momentos do dia do casamento. As fotos foram selecionadas justamente para destacar a beleza do preto e branco em diversas situações. Confira – e se emocione – com a nossa galeria de fotos, feita especialmente para vocês.

fotografia-diogo-massarelli-album-casamento-preto-branco-11 fotografia-diogo-massarelli-album-casamento-preto-branco-12 fotografia-diogo-massarelli-album-casamento-preto-branco-13 fotografia-diogo-massarelli-album-casamento-preto-branco-14

Créditos das fotos: Diogo Massarelli 

Tips For Bride

Álbum de casamento: Dicas para escolher as melhores fotos

São meses de preparativos para viver algumas horas entre a cerimônia e a festa de casamento, que ficarão gravados para sempre na memória dos noivos e dos convidados. Para aqueles casais que já subiram no altar e disseram “sim, eu aceito”, é normal sentir aquele vazio em relação aos afazeres e tarefas para o tão esperado dia. Mas quem disse que o casamento acabou? Agora os noivos têm a difícil tarefa de selecionar as fotos que entrarão para o álbum com as recordações mais lindas e inesquecíveis desse dia único. São milhares de imagens de detalhes da decoração, do making of, da cerimônia e da festa, além da sessão de fotos dos noivos e de momentos emocionantes e de descontração com os amigos e familiares. Sem dúvidas, é uma tarefa difícil, mas não impossível!

Além de ser uma das únicas recordações físicas desse dia inesquecível, o álbum de casamentos também será visto pelos filhos, sobrinhos e netos como uma herança de família. Ele carrega não apenas as emoções vividas pelos noivos, mas também simboliza o início de uma nova família. “Um álbum de casamento deve contar uma história através das fotos, de forma que todos possam viver e reviver cada momento. Quanto mais tempo passar, mais difícil será essa escolha. Então a primeira dica é escolher logo que receber as fotos, pois os acontecimentos ainda estarão “frescos” na memória”, aconselha o fotógrafo Gabriel Valim.

escolher-fotos-album-casamento-dicas-1 escolher-fotos-album-casamento-dicas-2 escolher-fotos-album-casamento-dicas-3

“Outra coisa que ajuda na escolha das fotos é separá-las por tópicos. Vale a pena gastar um tempinho para separar as imagens do making of da noiva, making of do noivo, decoração, cerimônia, ensaio e festa. A partir daí, começa a seleção: em média, o casal escolhe de 300 a 400 fotos, mas já é um grande passo pois já eliminou 60% das fotos”, explica Gabriel. “Tente rever todas as fotos para eliminar as demais. Vale lembrar que essas fotos estão sendo eliminadas para o álbum e não para sempre”. Geralmente os noivos recebem mais de 1.000 fotos e precisam escolher aproximadamente 100 imagens para compor o álbum de casamento.

escolher-fotos-album-casamento-dicas-7 escolher-fotos-album-casamento-dicas-5

Além de escolher as fotos, é essencial que os noivos recebam uma prévia virtual de como ficará a diagramação das páginas. Já fizemos um post no blog sobre as principais dúvida na hora de escolher o modelo do álbum de casamento e os tipos de impressão e acabamento para garantir que o resultado final seja exatamente como vocês sempre imaginaram. Para o fotógrafo Gabriel Valim, não existe um padrão em relação ao número aproximado ou percentual de fotos dos diversos momentos do casamento. Para suas clientes, ele costuma utilizar a seguinte média de fotos:

  • 10 fotos: Making of da noiva
  • 7 fotos: Making of do noivo
  • 35 fotos: Cerimônia
  • 10 fotos: Ensaio dos noivos
  • 10 fotos: Ensaio com noivos, pais e padrinhos
  • 8 fotos: Decoração
  • 20 fotos: Festa

“Lembrando que é quase impossível aparecer todos os convidados no álbum, tente escolher fotos que apareçam um grande número de convidados e fotos dos familiares e pessoas mais próximas do seu convívio, que não poderão ficar de fora do álbum”, comenta Gabriel Valim. Para ele, a escolha das fotos é uma decisão muito particular e, por isso, essencial que seja definida única e exclusivamente pelos noivos. “Eles devem escolher as fotos sozinhos, pois quando várias pessoas começam a opinar, fica difícil chegar num consenso. Caso o casal não consiga terminar a escolha, minha dica é: peça ajuda para o fotógrafo, afinal você escolheu ele para documentar um dos dias mais importantes da vida de vocês”.

escolher-fotos-album-casamento-dicas-6 escolher-fotos-album-casamento-dicas-4

Créditos das fotos: Gabriel Valim

Tips For Bride

Noiva

Planejamento

Cerimônia e Festa

Especial: Interior de SP
Casamentos Reais

Colunistas

Guia de Fornecedores

Tips For Bride Tips For Bride Tips For Bride
Tips For Bride