O blog feito para as noivas do interior de São Paulo
Food Tips
DressGo
Tips For Bride

Dicas preciosas de organização na cozinha para as recém-casadas

Oi meninas, tudo bem? Hoje eu não trouxe uma receita, mas sim o primeiro post de uma série de dicas preciosas para ajudar as recém-casadas que ainda não tenham intimidade com a cozinha, principalmente sobre como se organizar para preparar refeições em casa durante a semana, como criar seu próprio caderno de receitas virtual e onde buscar inspiração para ter mais criatividade na hora de cozinhar. Lembrando que a qualquer momento vocês podem acessar a lista essencial de utensílios de cozinha que tem aqui no blog Tips for Bride, imprimir e fazer aquele checklist básico do que você já tem e do que precisa comprar. Essa listinha já vai ter garantir um bom conforto na cozinha porque sem os itens mais básicos, fica complicado preparar refeições em casa.

Bom, a minha primeira dica vai para o quesito organização. É extremamente importante ter armários separados para utensílios e alimentos (a famosa despensa), sendo que os utensílios mais usados devem ficar em lugares mais acessíveis e próximos à pia e ao fogão e utensílios usados com menor frequência podem ficar em armários mais distantes ou em prateleiras altas. Na minha cozinha, por exemplo, ficam no armário debaixo da pia e com acesso bem facilitado os utensílios de uso diário, como: tábuas, raladores, canecas medidoras, assadeiras, frigideiras e panelas mais utilizadas na frente. Tenho também um gavetão onde estão organizados todos os meus potes com tampa, para guardar os alimentos que já foram higienizados, as sobras das refeições ou a comida que será congelada.

Aliás, com relação aos potes, aqui cabe uma dica valiosa: os melhores que existem são os de vidro com tampa de plástico (há de várias marcas no mercado, inclusive importadas) ou os de plástico com BPA Free que podem ser levados ao microondas e ao freezer sem danificar o alimento. No início da vida de casada, os potes podem até parecer objetos entulhadores de ambiente, mas acredite, quando os filhos vierem, todos os potes que você tiver ainda serão insuficientes para guardar os alimentos do pré-preparo das refeições das crianças e as comidinhas prontas, que devem ficar todas separadas. Sobre a pia, eu mantenho um grande pote de cerâmica com todas as colheres de pau, bambu ou silicone que eu uso para cozinhar e, ao lado dele, um cepo de madeira com um jogo de facas de corte que eu uso todos os dias.

Woman's Day
Woman’s Day

Outro fator importante é planejar um cardápio semanal de acordo com o número de refeições que serão preparadas em casa. É bacana pesquisar sobre os alimentos da época, porque assim além de aproveitar os mais saborosos você também aproveita os melhores preços. As frutas, verduras e legumes da estação são sempre melhores e mais baratos do que aqueles que estão fora de época. Se o casal almoçar e jantar em casa, por exemplo, o jantar pode ser preparado em maior quantidade para virar o almoço do dia seguinte ou ser congelado pronto para aquele dia de preguiça. Vá ao supermercado com a lista dos ingredientes em mãos, já considerando o planejamento de cardápio semanal que você elaborou, isso vai facilitar muito a sua vida e ainda vai te ajudar a economizar nas compras, já que quando há organização não há desperdício de alimentos.

Não lote sua despensa de alimentos, você não precisa de 5 pacotes de massa diferentes, mas é sempre bom ter 1 ou 2 pacotes e 1 lata de tomates pelados para te salvar nos momentos de geladeira vazia. O freezer também deve conter o essencial, como alguma carne, caldos de carne e de legumes (para sopas e risotos), alguns vegetais que não perdem textura e sabor ao serem congelados como o brócolis, a vagem e as ervilhas. Na geladeira é imprescindível ter sempre ovos, leite, manteiga e cebola, pois são alimentos que demoram a deteriorar e, na pior das hipóteses, vão te garantir uma deliciosa omelete.

Na verdade, não importa muito se você não tem nenhuma intimidade com a cozinha ou se você já é uma cozinheira de mãos cheias, mas o que importa mesmo é a boa vontade para aprender e se dedicar. Cozinhar em casa é um ato de amor, mas é principalmente um gesto de cuidado com a sua saúde, pois você sabe exatamente o que foi colocado na sua comida durante o preparo. Se você seguir estas regrinhas básicas de organização, já estará dando um passo inicial nesta caminhada deliciosa e estimulante, e saiba que ninguém aprendeu a cozinhar tudo de uma vez só. Cozinhar se aprende praticando, com paciência, amor e dedicação, dia após dia. Não se preocupe se você for iniciante, não comece pelas receitas difíceis, mas sim pelas mais básicas como uma omelete, aprenda a cozinhar a massa no ponto correto, grelhar um bife, preparar uma saladinha honesta com um molho diferente, assar alguns vegetais e brincar com a combinação de ervas e temperos e quem sabe até se arriscar no preparo de um risoto. Desse jeito você vai ganhando confiança e autoestima aos poucos na cozinha e logo se sentirá segura para preparar jantares deliciosos para seus amigos e familiares.

No próximo post da série de dicas, eu vou falar sobre como criar seu próprio caderno de receitas virtual e onde buscar inspiração para variar as receitas e ter mais criatividade na cozinha. Até lá! Um beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tips For Bride

Noiva

Planejamento

Cerimônia e Festa

Especial: Interior de SP
Casamentos Reais

Colunistas

Guia de Fornecedores

Tips For Bride Tips For Bride Tips For Bride
Tips For Bride