O blog feito para as noivas do interior de São Paulo
PLANEJAMENTO
Planejamento
DressGo
Tips For Bride

Conheça a história do anel de noivado e suas curiosidades

Vocês sabiam que a tradição do anel de noivado começou há mais de 500 anos e que era algo exclusivo para as mulheres da família real? Por trás desse símbolo da união e de compromisso entre os noivos, existem inúmeras histórias e curiosidades. Atualmente, o anel solitário se consagrou como o anel de noivado mais cobiçado pelas mulheres, mas antes dele, já existiram outras versões que também já conquistaram o coração de muitas noivas. O primeiro registro histórico é de 1477, quando o Arquiduque Maximiliano da Áustria pediu a mão da Duquesa de Borgonha com um anel de diamantes e, desde então, presentear a noiva com uma joia virou tradição entre os membros da realeza. Entre os séculos 15 e 17, os aneis de noivado traziam uma mensagem de amor, geralmente escritas no lado de fora: são os famosos aneis Posie, muito conhecidos especialmente na França e na Inglaterra. Até o século 19, os aneis de noivado ganharam novas versões com pedras preciosas como rubis e diamantes, que eram tidos como os maiores símbolos do amor, cujas gemas eram lapidadas em forma de coração.

Em 1886, a famosa joalheria Tiffany & Co revolucionou o mercado de joias e consagrou o modelo solitário como o favorito das noivas para pedidos de casamento com a caixinha azul da marca. O design do modelo Tiffany Setting traz um diamante solitário cravado com seis garras de platina que o projetam para fora do aro, destacando ainda mais a graciosidade e o brilho da peça. Alguns anos mais tarde, em 1920, alguns varejistas tentaram emplacar o modelo de anel de noivado para homens, que foi um absoluto fracasso de vendas. Com o passar do tempo e a popularização do anel de noivado, especialmente nos Estados Unidos e em países da Europa, surgiu o conceito de que o valor da joia deveria ser equivalente a um ou dois salários do noivo. Embora a ideia pareça absurda para os costumes brasileiros, ainda é uma tradição muito forte em outros países.

Tiffany & Co
Tiffany & Co

O costume de usar sempre o anel de noivado no dedo anelar da mão esquerda também tem uma explicação: a vena amoris é um nome latino que significa “veia do amor” e que liga diretamente ao coração. Ou seja, uma forma singela e muito romântica de demonstrar o amor com uma conexão direta entre o anel de noivado e o coração. Já deu para perceber que é uma joia que carrega uma história cheia de tradições, costumes e crenças de diferentes culturas. O mais surpreendente é que, apesar de inúmeras mudanças ao longo do tempo, é um símbolo que se mantém intacto como prova de amor para o início de uma vida a dois. Embora no Brasil ainda seja mais popular o pedido de casamento com alianças, o anel de noivado tem ganhado um espaço considerável dentro do mercado de joalherias.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tips For Bride

Noiva

Planejamento

Cerimônia e Festa

Especial: Interior de SP
Casamentos Reais

Colunistas

Guia de Fornecedores

Tips For Bride Tips For Bride Tips For Bride
Tips For Bride