O blog feito para as noivas do interior de São Paulo
PLANEJAMENTO
Planejamento
DressGo
Tips For Bride

Conheça os tipos de metais preciosos para alianças

O ouro amarelo é praticamente um símbolo da união matrimonial do casal, simboliza o amor e, na maioria dos países, é utilizado na fabricação das alianças. No entanto, outros metais preciosos têm ganhado relevância no mercado de luxo e atraído o interesse dos casais pela beleza e modernidade das joias. São inúmeras as características dos metais em relação a preços, cores, durabilidade, resistência a riscos, manutenção, peso e pureza dos materiais.

Basicamente, são três fatores determinantes na escolha do metal ideal para as alianças do casamento: cor, orçamento e estilo de vida do casal. O primeiro passo é decidir qual será a cor das alianças, já que existem muitas tonalidades possíveis, desde os tradicionais prateado e dourado, até cores mais exóticas como o preto ou rosa, por exemplo. A questão do preço está intimamente relacionada à durabilidade e à resistência do metal: quanto mais resistente, duro e forte, maior será o investimento. Nesta etapa, é bom consultar um joalheiro para ter uma ideal exata de qual seria a diferença de preços entre os diferentes metais e quais são as características de cada peça. Por último, o estilo de vida do casal: se vocês curtem esportes radicais ou se a profissão exige um esforço manual maior, é preciso levar em consideração para escolher um metal resistente a situações do tipo.

Divulgação
Divulgação

 

Ouro

Alianças feitas de ouro são românticas e atemporais. Existem diversas combinações de materiais para constituir uma joia de ouro, cujos percentuais de cada metal influenciam diretamente na coloração e no resultado final. Os tipos de ouro mais comuns nas joalherias são: amarelo, branco e rosa ou rosé.

  • Ouro amarelo: combinação de ouro puro com prata e cobre
  • Ouro branco: combinação de ouro puro com paládio e prata ou níquel, cobre e zinco. O elemento ródio, quando adicionado na composição, deixa a peça ainda mais clara e garante maior durabilidade.
  • Ouro rosa: combinação de ouro puro com cobre. Quanto maior o percentual de cobre, mais avermelhada será a joia.
diamondwave.com
diamondwave.com

 

daniellehairdesign.net
daniellehairdesign.net
engagementrings.com
engagementrings.com

 

Prata

Por décadas, a prata foi considerada mais valiosa que o ouro. Atualmente, é o metal mais acessível no universo dos metais preciosos. A prata de lei, como é chamada, é resultado da combinação da prata pura com cobre e outros metais para torná-la ainda mais durável. A desvantagem é que alianças feitas em prata de lei são extremamente fáceis de riscar e que não possuem uma durabilidade tão alta como os outros metais preciosos. São diversas as tonalidades da prata de lei, desde a mais clara até o branco acinzentado, com acabamento fosco ou brilhante. O nível de pureza de uma joia de prata é de, pelo menos, 92.5%.

daniellehairdesign.net
daniellehairdesign.net

 

Platina

Até o século passado, a platina era um dos metais mais populares para a confecção de joias. Depois de anos em baixa no mercado joalheiro, ressurgiu como um dos preferidos para as alianças e aneis de noivado. A platina é trinta vezes mais rara que o ouro (o que explica seu valor mais elevado) e 40% mais pesado que o ouro 14 quilates, além de não oxidar com o passar do tempo. Devido à sua dureza, as gravações de nomes ficam ainda mais nítidas e precisas quando feitas na platina. O nível de pureza de uma joia de platina varia entre 90 a 95%.

daniellehairdesign.net
daniellehairdesign.net

 

Tungstênio

É um metal prateado, quatro vezes mais duro que o titânio, hipoalergênico e que não pode ser redimensionado. Muito resistente a riscos e arranhões, as alianças de tungstênio não possuem ligas metálicas em sua composição.

daniellehairdesign.net
daniellehairdesign.net

 

Aço Inoxidável

Devido à sua alta durabilidade e resistência, o aço inoxidável tem ganhado cada vez mais adeptos com o passar do tempo – sem contar a acessibilidade, já que é um dos metais mais baratos entre os metais preciosos. As alianças de aço inoxidável podem ter acabamento mais fosco ou mais brilhante, dependendo do tipo de polimento. Para resistir à oxidação, o metal é misturado com, pelo menos, 10,5% de crômio.

Divulgação
Divulgação

 

Titânio

É um metal extremamente leve e que tem conquistado especialmente os homens, que muitas vezes não estão acostumados com o “peso” dos aneis nas mãos. Em relação ao ouro, por exemplo, é muito mais confortável para o dia-a-dia, ideal para quem não tem o hábito de utilizar acessórios nos dedos. Os aneis de titânio podem ter acabamento polido ou brilhante, nas cores prata, preto ou cinza, são hipoalergênicos e não possuem nenhum tipo de liga metálica em sua composição. É um dos metais mais resistentes a riscos e não pode ser redimensionado.

daniellehairdesign.net
daniellehairdesign.net

 

Cobalto

É um metal branco brilhante que tem conquistado muitos casais por deixar as alianças mais modernas e contemporâneas. Inicialmente, era usado apenas na indústria médica e aeroespacial. Além de ser hipoalergênico, o cobalto é quatro vezes mais duro que a platina, o que lhe garante uma vida útil praticamente infinita. Sem dúvidas, é uma joia para toda a vida. Muito resistentes a riscos e arranhões, as alianças feitas de cobalto também podem ser facilmente redimensionadas.

tungstenworld.com
tungstenworld.com

 

Paládio

É um metal precioso de coloração branca, muito similar a platina, mas com preço mais acessível. Com uma densidade menor, é uma excelente opção para os casais que desejam uma aliança mais leve e confortável, de coloração idêntica a platina.

beaverbrooks.co.uk
beaverbrooks.co.uk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tips For Bride

Noiva

Planejamento

Cerimônia e Festa

Especial: Interior de SP
Casamentos Reais

Colunistas

Guia de Fornecedores

Tips For Bride Tips For Bride Tips For Bride
Tips For Bride