O blog feito para as noivas do interior de São Paulo
BLOG DO NOIVO
Blog do Noivo
DressGo
Tips For Bride

Flor na lapela: Você sabe de onde surgiu?

Flor na lapela: é um termo familiar para você? Sua noiva já chegou a comentar algo do tipo: que o noivo, pais e padrinhos devem usar uma flor fixada ao paletó no dia do casamento? Viemos te contar as origens e também o significado desse símbolo, que é pura elegância. Apesar do nome francês boutonnière, como também é conhecida, a flor na lapela tem origens na família real no Reino Unido. A tradição surgiu durante o noivado do príncipe Albert com a rainha Vitória, quando ele recebeu de sua noiva um ramalhete com suas flores preferidas e, sem saber onde colocá-las, abriu um pequeno corte na lapela do paletó e encaixou a haste da flor para que lembrasse da noiva ao sentir seu aroma.

 O cravo é a flor preferida para a ocasião, por ser bastante resistente, não exalar um cheiro forte, nem manchar roupas. O tamanho ideal é com aproximadamente 5 centímetros de comprimento e 3 centímetros de largura, sempre posicionada um pouco abaixo da linha dos ombros. Caso os pais e padrinhos estejam com a mesma cor dos trajes do noivo, a flor na lapela precisa ser diferente. Agora, se a cor já os diferencia, todos podem usar a mesma flor. O melhor: ela combina e é indicada para qualquer tipo de traje do noivo, seja terno, fraque ou meio-fraque.

Separei algumas dicas importantes para não fazer feio no altar:

– A flor é posicionada exclusivamente na lapela e deve ser fixada com um alfinete, de modo que fique invisível. Ou seja, nada de encaixar a flor no bolso do paletó.

– O noivo deve escolher entre flor na lapela ou lenço no bolso, já que terá a gravata como elemento básico do traje. Ou seja, a regra é clara, você deve decidir entre: gravata + flor na lapela ou gravata + lenço no bolso.

– A cor da flor deve estar em harmonia com o traje e com a gravata, mas não precisa ser necessariamente da mesma cor do buquê da noiva, por exemplo. Depende muito do estilo da cerimônia também, já que casamentos ao ar livre pedem flores do campo e coloridas, enquanto celebrações realizadas à noite pedem cores mais sóbrias e clássicas.

Chris Spira - Love My Dress / Vanilla Photography - Junebug Weddings
Chris Spira – Love My Dress / Vanilla Photography – Junebug Weddings
onelove photography - Style Me Pretty / Divulgação
onelove photography – Style Me Pretty / Divulgação
Neil Jackson Photographic - Rock My Wedding / Etsy
Neil Jackson Photographic – Rock My Wedding / Etsy
Hello Photography e Cluney Photo - Style Me Pretty
Hello Photography e Cluney Photo – Style Me Pretty
Spottswood Photography - Wedding Chicks / Chanelle Knapp Photography - Whimsical Wonderland Weddings
Spottswood Photography – Wedding Chicks / Chanelle Knapp Photography – Whimsical Wonderland Weddings

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tips For Bride

Noiva

Planejamento

Cerimônia e Festa

Especial: Interior de SP
Casamentos Reais

Colunistas

Guia de Fornecedores

Tips For Bride Tips For Bride Tips For Bride
Tips For Bride