O blog feito para as noivas do interior de São Paulo
ESPECIAL: INTERIOR DE SP
Especial Interior de SP
DressGo
Tips For Bride

Profissionais que Amamos: Leticia Checchia, da Le Jolie Doces

Assim como qualquer tipo de culinária, que nada mais é do que a arte de servir bem, a confeitaria encanta e fascina por sua delicadeza, graciosidade e inúmeras possibilidades para criar a desenvolver novos tipos de massas, recheios e coberturas em doces finos com diferentes formatos e acabamentos. Sem dúvidas, é algo não apenas para degustar e se deliciar, mas também para ser apreciada. No nosso Guia de Fornecedores, reunimos as melhores empresas do estado de São Paulo para realizar o casamento dos seus sonhos e, hoje, trouxemos uma entrevista especial com a Leticia Checchia, proprietária da Le Jolie Doces, de Campinas. Advogada por formação e confeiteira de mão cheia, é também professora e ministra cursos na Escola Le Jolie. Seu talento é inegável. Confira abaixo:

 

leticia-lejolie-home

Como foi sua trajetória profissional até a Le Jolie Doces?

Sou advogada de formação e trabalhei na área por 11 anos. Minha rotina de trabalho era completamente diferente, mais estática e muito burocrática, com muita pressão, prazos e problemas para serem resolvidos o tempo todo, com horários muito certinhos a serem cumpridos, uma rotina que hoje, nem de longe, eu tenho.

Como surgiu o interesse pela confeitaria e a partir de qual momento você decidiu que era isso que gostaria de fazer profissionalmente?

O interesse pela confeitaria vem da minha bisavó e das minhas duas avós, materna e paterna que eram doceiras de mão cheia. Sempre ficava encantada com a facilidade delas em cozinhar e adoçar nossas tardes e a dos meus irmãos. Infelizmente as duas se foram antes que eu começasse a trabalhar profissionalmente… Muitas das minhas receitas são inspirações delas. Meu interesse profissional surgiu de uma oportunidade em investir em algo diferente, já que a advocacia não me emocionava mais. Estava buscando algo diferente e, na época, uma amiga estava abrindo uma lojinha de doces caseiros, comprei uma parte da sócia dela, mas ainda não tinha abandonado o direito. Quando comecei a vivenciar aos finais de semana e nas minhas férias, me apaixonei, pedi demissão do escritório e mergulhei de vez nesse mundo!

Você estudou na LeNotrê Paris. Como decidiu cursar confeitaria na França?

Na realidade, eu sempre amei a França, já fazia aulas particulares de francês e meu professor, quando viu a minha mudança de carreira, me incentivou e ajudou a procurar, correr atrás de tudo, enviar a carta para o processo seletivo. A experiência foi maravilhosa, muito inspiradora que me trouxe grandes influências, além de ter me motivado para abrir a Le Jolie, pois ela não existia quando eu fui à França.

Há quanto tempo surgiu a Le Jolie?

A Le Jolie nasceu há quatro anos, quando resolvi trilhar meu caminho sozinha, do meu jeito, com as minhas receitas e ideias. Meu primeiro casamento foi de um casal de amigos, dei de presente metade dos docinhos e, a partir dali, outros foram aparecendo e não parei mais! Hoje, já atendi mais de 300 noivas.
le-jolie-doces-casamento-6le-jolie-doces-casamento-4

Gostaríamos de saber detalhes da estrutura da Le Jolie. Como é a rotina de trabalho da Leticia?

Atualmente, contamos com 15 funcionários e a estrutura da Le Jolie está dividida em dois estabelecimentos: o ateliê onde temos a cozinha e o atendimento aos clientes e a escola. A minha rotina de trabalho é uma loucura, pois além de estar na criação, produção e finalização dos doces e bolos, faço questão de atender todas as noivas pessoalmente e fazer todos os orçamentos e projetos! As quantidades variam um pouco conforme a demanda das festas, mas a demanda média é de 3.000 doces por semana. Nosso recorde foi a produção de 10.000 doces em apenas sete dias.

Onde você busca inspiração para novas receitas, novos tipos de doces, massas, recheios e coberturas?

Busco inspiração em tudo, desde a hora que acordo, já penso em doces! Fico pensando em como colocar algum ingrediente num novo doce ou como transformar algo que eu como ou provo em algum doce ou bolo. É um processo criativo muito gostoso porque sempre invento algo novo!

Há quanto tempo existe a Escola Le Jolie e como surgiu essa ideia?

A Escola Le Jolie nasceu de um sonho. Era um sonho de passar adiante o conhecimento e oferecer acesso a essa arte tão envolvente encantadora que é a culinária, mais precisamente a confeitaria. Nosso intuito é trazer vários tipos de cursos, palestras, oficinas nas áreas da confeitaria, da culinária em geral, artes e muito mais, reunindo sempre os renomados profissionais de cada ramo. Esse sonho se tornou realidade através de duas amigas empreendedoras e sonhadoras que juntaram a expertise e o know how para trazer para Campinas um espaço de acesso não só de conhecimento, mas de cultura, de troca e de disseminação de experiências.

Como você se imagina daqui dez anos? Qual seria um sonho que você ainda não realizou?

Eu me imagino trabalhando muito, dando muitas aulas e trazendo inovações e profissionais maravilhosos para mais e mais pessoas sempre! Estou com dois sonhos no momento, que é uma loja no exterior, que ainda é efetivamente um sonho, mas que pretendo realizar; outro sonho, que está mais perto de se realizar é formar grupos de confeiteiros e amantes da confeitaria para workshops fora do país, como França, Itália, Espanha e Inglaterra.

le-jolie-doces-casamento-3le-jolie-doces-casamento-2

Créditos das fotos: Le Jolie Doces
Créditos das fotos: Le Jolie Doces

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tips For Bride

Noiva

Planejamento

Cerimônia e Festa

Especial: Interior de SP
Casamentos Reais

Colunistas

Guia de Fornecedores

Tips For Bride Tips For Bride Tips For Bride
Tips For Bride