O blog feito para as noivas do interior de São Paulo
DressGo
Tips For Bride

Como fazer a lista de convidados?

Você foi pedida em casamento, está super ansiosa com o início dos preparativos e já começa a sonhar com o dia mais feliz da sua vida? Isso mesmo! Mas, desculpem desanimá-los, noivinhos de primeira viagem: as primeiras etapas do planejamento são sempre as mais chatas. Antes de definir o lugar, contratar o buffet, fazer as deliciosas degustações e provar o seu vestido de noiva… Vocês precisam montar a lista de convidados. Sim, ela é essencial para determinar todos os outros itens da cerimônia e da festa.

Por exemplo, ao escolher uma igreja ou um espaço de eventos, é importante saber se você terá uma celebração mais íntima, estilo mini-wedding, no máximo com 100 convidados ou algo mais grandioso, com mais de 300 convidados. Todas as decisões e contratos fechados com as empresas prevê um número de pessoas para o orçamento. Ou seja, mãos à obra para encarar a tão temida lista de convidados. Separamos algumas dicas super úteis para esse momento delicado e que envolve uma série de etiquetas e protocolos e, para ajudá-los ainda mais, fizemos uma entrevista com a assessora de eventos Julia Rosa, de Campinas, que atua há 8 anos no mercado.

Ruffled Blog
Ruffled Blog

Qual seria a etapa número um para montar a lista?

Antes de qualquer coisa, o casal deve ter em mente quanto deseja gastar. Com o budget definido, dá para imaginar algo mais intimista ou uma festa maior e, a partir daí, definir o número de convidados. É um momento difícil e as saias justas são inevitáveis. Para um casamento ser especial, você precisa estar com pessoas especiais. A minha dica é: convide pessoas que já estão na sua vida há muito tempo e que você prevê que elas ainda continuarão por muitos anos.

Devo convidar alguém por obrigação?

É normal que os noivos se questionem sobre colegas de trabalho, parentes distantes e amigos dos pais. Aqui, o que vale é o bom senso. É possível convidar apenas as pessoas mais próximas do escritório, que fazem parte da sua vida pessoal, já que o casamento é uma celebração tão íntima. É importante também conversar com os pais da noiva e do noivo, estipulando um número de convidados reservado para eles e explicar que, por mais que estejam ajudando financeiramente, não faz sentido convidar pessoas que o casal mal conhece ou tem contato.

Eric Foley Photographers (Ruffled Blog)
Eric Foley Photographers (Ruffled Blog)

Como devo fazer os meus convites?

É importante que você deixe claro quem são os seus convidados. Ao escrever “Sr. Fulano e família”, significa que o convite está destinado ao casal, aos filhos e possíveis namorados e netos – ou seja, não existe limite e o convidado pode confirmar o número de pessoas que ele quiser, desde que pertença à sua família. Caso o convite seja endereçado apenas ao casal, o recomendado é escrever “Sr. Fulano e Sra. Fulana”, colocando apenas dois cartões de confirmação.

Quais critérios devo utilizar para cortar alguns nomes?

A primeira lista dos noivos costuma ultrapassar (e muito) o previsto, por isso, é necessária a triagem e os inevitáveis cortes. A minha sugestão seria por questão de proximidade: excluir convidados que você mal vê, que não frequentam sua casa e que você não tem nem o número do celular. É difícil e sempre vão surgir questionamentos e situações chatas. Quando o casamento é menor e mais íntimo, o casal perde parte da obrigatoriedade de convidar muita gente e aqueles que não foram convidados costumam entender melhor.

Kerry Ann Duffy (Whimsical Wonderland Weddings)
Kerry Ann Duffy (Whimsical Wonderland Weddings)

O que pega muito mal?

Às vezes, para poder convidar um número maior de pessoas, os noivos acabam excluindo esposas, crianças ou namorados dos convidados. Ou seja, o convite é individual, sem direito a nenhum acompanhante. Há também quem faça o convite apenas para a cerimônia – e não para a festa. Na minha opinião, é melhor deixar de convidar porque algumas pessoas ficam extremamente chateados e acabam não comparecendo ao casamento. Outra coisa muito indelicada é fazer a famosa “lista de espera”: deixar alguns convidados numa lista secundária e, caso sobre espaço, os noivos fazem o convite. As confirmações costumam vir dias antes do evento, ou seja, não aconselho ninguém a convidar com um tempo tão curto.

Como prever o número real de pessoas no casamento?

De maneira geral, consideramos que 20% da lista de convidados não vai ao casamento, ou seja, uma lista de 300 convidados, apenas 240 confirmarão presença. Deste número, consideramos ainda uma quebra de 10%, isto é, de todas essas confirmações, há ainda alguns imprevistos que podem acontecer e o convidado não comparecer. O resultado final seria uma festa com aproximadamente 215 pessoas.

Quando devo enviar o convite?

O convite aos padrinhos deve ser feito o quanto antes, até par que eles possam ajudá-los nos preparativos do casamento ou para que as mulheres tenham tempo de procurar o vestido, entre 6 meses a 1 ano. Para os demais, os convites devem ser entregues com 2 a 3 meses de antecedência, enquanto o Save the Date pode ser enviado com 6 meses. Para os noivos que moram em outra cidade, é aceitável enviar o convite pelos Correios ou até contar com a ajuda dos pais.

Instagram
Instagram

Tips For Bride

Noiva

Planejamento

Cerimônia e Festa

Especial: Interior de SP
Casamentos Reais

Colunistas

Guia de Fornecedores

Tips For Bride Tips For Bride Tips For Bride
Tips For Bride