O blog feito para as noivas do interior de São Paulo
Tips For Bride

Look da noiva: Os principais erros na produção

Alguns itens do visual da noiva são passíveis de se colocar tudo a perder! Por isso, é indispensável ficar atenta a algumas dicas básicas para não estragar o look no dia mais especial da sua vida:

  • Sapatos coloridos: os sapatos coloridos tiveram um breve momento de destaque entre as noivas, mas as noivas mais requintadas não adotaram esta moda. Cada vez mais em desuso, o sapato colorido só deve ser usado se for algo muito marcante da personalidade da noiva. Lembre-se que ele será sempre o que mais vai se destacar no seu look, pense bem se é isto que deseja e se com o passar dos anos não irá enjoar de ver suas fotos.
  • Batom colorido: outro item que deve ser usado com cuidado é o batom com cor, vermelho, rosa, vinho… Primeiro, só use se for algo corriqueiro seu. Segundo, você corre o risco de manchar seu vestido, por isso cuidado ao vesti-lo! Se for usar cor, prefira o lápis, assim você não irá transferir a cor para a boca do noivo da hora do beijo na cerimônia. Não esqueça que, principalmente no verão, é muito comum que o batom escorra e fique manchado, faça um acabamento impecável.
easyweddings.com.au
easyweddings.com.au
  • Véu bordado: quer um véu bordado com cristais e pedrarias? Cuidado! Véus bordados ficam mais pesados e podem comprometer sua entrada na igreja, podem dificultar seu andar, podem ficar presos no carpete ou detalhes de decoração.
  • Exageros em joias: vestido, o principal, véu, acessório de cabelo, buquê e ainda algumas noivas pecam por usarem brincos muito grandes, colares ou gargantilhas, o excesso pode comprometer todo seu visual de noiva.

Acima, destacamos alguns itens que merecem uma atenção especial, mas é bom lembrar que qualquer item da produção da noiva deve ser pensado com muito cuidado e cautela. Se tens dúvida de alguma escolha é porque talvez ela não seja a ideal. A dica mais valiosa é: suas escolhas devem te deixar segura!

Tips For Bride

Peplum: Inspiração para vestidos de noiva

Existem noivas que sonham com uma produção mais romântica, com direito a um vestido de princesa. Outras, optam por uma cerimônia mais campestre, com cabelos ao vento e look no estilo boho chic, que é uma super tendência. Claro que também existem as noivas fashionistas e, para elas, não faltam opções para o tão sonhado vestido de noiva. O peplum, aquela sainha curta sobreposta ao vestido, o famoso babado de cintura, é um dos queridinhos das mulheres que gostam de moda e estilo. Não poderia ser diferente, afinal, é um modelo que se consagrou com a grife Dior, em 1947, com o New Look, que propunha a volta da silhueta feminina com a cintura bem marcada no período do pós-guerra. Pode apostar sem medo: é um modelo clássico, que nunca sai da moda e, além disso, super versátil, pois combina com qualquer estilo de cerimônia.

Existem os modelos mais românticos que exploram os diferentes tipos de renda, especialmente na parte de cima do vestido, com uma saia sereia num tecido liso e super estruturado. Outros já misturam tules, pedrarias, bordados e uma saia mais volumosa. A versatilidade do modelo realmente é um grande diferencial, já que combina com vestidos tomara-que-caia, com mangas, saias longas e curtas. O peplum também possui diferentes versões, desde a saia mais curtinha até o modelo com cauda, como nas duas últimas imagens do post.

“O peplum é maravilhoso para evidenciar a cintura. É uma modelagem ideal para noivas mais românticas e delicadas, mas que deve ser evitado em noivas com quadril largo, já que ele representa ser ainda maior”, explica a consultora de estilo e personal bride Natalia Isaia. “Deve ser no mesmo tecido da blusa ou do vestido, uma vez que é um elemento da parte superior, então deve seguir o tecido escolhido para a parte de cima”. Se você é apaixonada por algum outro modelo de vestido de noiva, mas também morre de amores pelo peplum, uma alternativa é utilizá-lo na cerimônia do casamento civil. Fica muito elegante e sofisticado em versões de saias curtas, especialmente com modelo de saia lápis, ideal para a ocasião mais formal.

New Look, Dior, 1947: Inspiração para peplum nos vestidos
New Look, Dior, 1947: Inspiração para peplum nos vestidos
Divulgação / Oscar de La Renta
Divulgação / Oscar de La Renta
Rachel Gilbert (One Fab Day) / Marchesa
Rachel Gilbert (One Fab Day) / Marchesa
Colin Cowie Weddings / Watters Grafton
Colin Cowie Weddings / Watters Grafton
Zuhair Murad (Wedding Inspirasi) / One Fab Day
Zuhair Murad (Wedding Inspirasi) / One Fab Day
Marchesa (The Knot) / Wedding Inspirasi
Marchesa (The Knot) / Wedding Inspirasi
Glamour Paris / Isaac Mizrahi
Glamour Paris / Isaac Mizrahi
Wedding Inspirasi / Ralph & Russo
Wedding Inspirasi / Ralph & Russo
Brides.com
Brides.com
Marchesa (Ruffled Blog)
Marchesa (Ruffled Blog)
Tips For Bride

Renda renascença para vestidos de noiva

Como o próprio nome diz, a renda renascença surgiu durante o século XVI, período do Renascimento, em Veneza, na Itália e foi introduzida no Brasil por freiras vindas da Europa. A técnica delicada difundiu-se pelo nordeste, onde as rendeiras passam a arte de geração para geração. Originalmente e tradicionalmente, a renda renascença é utilizada para lençóis, toalhas de mesa, guardanapos e demais peças de cama, mesa e banho.

As rendas renascença são famosas pelo estilo de bordado feito exclusivamente à mão, com traços marcantes, em que predominam pontos exclusivos e entrelaçados delicados. Neste traçado, desenhos concêntricos se projetam em linhas sinuosas e divergentes. Tradicionalmente feita em tecido branco, a renda renascença do nordeste ganhou versatilidade e passou a ser feita também nas cores preta, marrom café, laranja e azul marinho.

Site da Martha Medeiros
Site da Martha Medeiros
Vogue.com.br
Vogue.com.br
Blog da Mariana Rios
Blog da Mariana Rios

Atualmente, a renda renascença vem se destacando para a moda festa, inclusive para noivas, principalmente pelo nome da designer brasileira Martha Medeiros, que está conquistando celebridades até mesmo nos red carpets internacionais. Por se tratar de um trabalho manual, um vestido de noiva em renda renascença pode levar mais de um ano para ficar pronto. Claro, por todo trabalho emprenhado nestes vestidos, seus valores são elevados.

São ideais para cerimônias durante o dia, casamentos no campo ou na praia. São vestidos um pouco mais pesados, devido ao material utilizado, mas se equiparam a rendas nobres. As rendas são compostas de desenhos delicados, podendo criar detalhes mais fechados ou mais abertos, deixando o vestido mais sensual, porém sempre requintado. Quem não tem condições e encomendar um vestido todo de renda renascença pode optar por usá-la somente em detalhes, como num decote ou nas mangas.

12
Instagram
Instagram

Tips For Bride

Noiva

Planejamento

Cerimônia e Festa

Especial: Interior de SP
Casamentos Reais

Colunistas

Guia de Fornecedores

Tips For Bride Tips For Bride Tips For Bride
Tips For Bride