O blog feito para as noivas do interior de São Paulo
Casamento & Dinheiro
DressGo
Tips For Bride

Como guardar dinheiro para o casamento?

Ela aceitou o pedido de noivado e, agora, ambos não pensam em outra coisa a não ser o tão sonhado dia do casamento! Mas, também é preciso colocar os pés no chão e se planejar para que tudo ocorra nos conformes e dentro do planejado, principalmente em relação às finanças.

Preparando o orçamento

Antes de mais nada, é importante que os noivos decidam como será o casamento: uma cerimônia na igreja seguida de uma festa com todos os amigos ou um casamento mais íntimo, ao ar livre, só para a família. A partir daí, definir a lista de convidados, assim terão uma ideia melhor do tamanho do evento.

Atualmente, existem vários serviços de cerimonial que ajudam os noivos a escolher o local da festa e os serviços que serão contratados, mas também é possível organizar um casamento pesquisando bastante e fazendo todas as contratações com algumas dicas financeiras básicas. O importante é anotar todos os orçamentos em uma planilha e somar tudo o que foi escolhido para verificar se o tão sonhado casamento se encaixa no budget do casal. Se o valor final ficar fora do orçamento, é o momento de rever o orçamento e definir as prioridades.

Começando a poupar

Definido o orçamento, é necessário estipular a data do evento e, a partir daí, o período para poupar o montante total. Tarefa número um: organizar as finanças pessoais e verificar o quanto pretendem gastar e quanto será possível economizar por mês.

Não importa quem será o responsável pelas despesas do casamento, é importante organizar as contas para conseguir ter clareza sobre os ganhos e gastos previstos: anotar todas as receitas (salários, pensões, aluguéis recebidos) e despesas (aluguel, condomínio, supermercado, luz, água) mensais em uma planilha e investir um tempo para analisá-la, tentando identificar quais delas podem ser minimizadas.

A primeira dica é fazer um controle de gastos e um planejamento de poupança de parte da renda. Uma ótima estratégia é começar pagando a si mesmo: agendando uma aplicação automática no dia do recebimento do salário. Com menos dinheiro sobrando na conta, será mais fácil economizar.

Como elaborar o Fluxo de Caixa Mensal

– Anote todos os seus recebimentos líquidos, incluindo alguma renda extra, se houver.

– Anote todas as suas despesas, sem esquecer dos gastos sazonais e esporádicos como o IPTU, o IPVA e as viagens. Inclua também os pequenos gastos do dia a dia, como o estacionamento ou o cafezinho no final da tarde.

– Para que possa identificar os desperdícios e onde poderá economizar, será necessário o detalhamento periódico e minucioso de todas as suas entradas e saídas de caixa.

– Compare as receitas e despesas e verifique se você está em equilíbrio financeiro, ou seja, gastando no máximo o que ganha.

– Por fim, defina limites para suas despesas e estratégias de poupança mensal.

Invistam o dinheiro guardado

Sabia que os juros sobre juros podem dar uma mãozinha para o casamento? Pois, é, eles são ótimos aliados para poupar dinheiro. Como este dinheiro será usado no curto prazo, ele deverá ser investido em produtos conservadores, ou seja, que não tragam muito risco. De nada adiantaria guardar uma grana e investir na Bolsa, se em alguns meses houvesse uma crise, em que as ações estivessem em baixa e vocês tivessem que resgatar o dinheiro amargando um prejuízo.

O mais correto é aplicar num Fundo DI, que seja conservador e que tenha boa liquidez, ou seja, que possa ser resgatado facilmente, de preferência no mesmo dia. Pois assim, se surgir uma promoção em algum item da festa, será possível resgatar facilmente este valor e dar uma pequena entrada como garantia.

Conversem sobre dinheiro antes mesmo do casamento

Esta talvez seja a mais importante sugestão para o futuro casal. Começar a guardar dinheiro com o objetivo do casamento já será uma boa prova de como vocês se comportarão em relação às suas finanças e um bom modelo do que virá pela frente.

O ideal, inclusive, seria que já começassem a conversar sobre seus interesses e objetivos, além de perfil de investimentos e de consumo de cada um. Muitos desentendimentos entre casais são causados por incompatibilidades na forma de lidar com o dinheiro no dia a dia: um é muito econômico e o outro muito gastador, um é planejado e o outro deixa tudo pra cima da hora.

Identificar estas diferenças e encontrar maneiras de resolvê-las, procurando sempre o meio termo antes de juntar as escovas de dentes, facilitará muito o relacionamento do casal no futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tips For Bride

Noiva

Planejamento

Cerimônia e Festa

Especial: Interior de SP
Casamentos Reais

Colunistas

Guia de Fornecedores

Tips For Bride Tips For Bride Tips For Bride
Tips For Bride