Renda renascença para vestidos de noiva

4 de junho de 2016

Coluna Personal Bride

Como o próprio nome diz, a renda renascença surgiu durante o século XVI, período do Renascimento, em Veneza, na Itália e foi introduzida no Brasil por freiras vindas da Europa. A técnica delicada difundiu-se pelo nordeste, onde as rendeiras passam a arte de geração para geração. Originalmente e tradicionalmente, a renda renascença é utilizada para lençóis, toalhas de mesa, guardanapos e demais peças de cama, mesa e banho.

As rendas renascença são famosas pelo estilo de bordado feito exclusivamente à mão, com traços marcantes, em que predominam pontos exclusivos e entrelaçados delicados. Neste traçado, desenhos concêntricos se projetam em linhas sinuosas e divergentes. Tradicionalmente feita em tecido branco, a renda renascença do nordeste ganhou versatilidade e passou a ser feita também nas cores preta, marrom café, laranja e azul marinho.

Site da Martha Medeiros

Site da Martha Medeiros

Vogue.com.br

Vogue.com.br

Blog da Mariana Rios

Blog da Mariana Rios

Atualmente, a renda renascença vem se destacando para a moda festa, inclusive para noivas, principalmente pelo nome da designer brasileira Martha Medeiros, que está conquistando celebridades até mesmo nos red carpets internacionais. Por se tratar de um trabalho manual, um vestido de noiva em renda renascença pode levar mais de um ano para ficar pronto. Claro, por todo trabalho emprenhado nestes vestidos, seus valores são elevados.

São ideais para cerimônias durante o dia, casamentos no campo ou na praia. São vestidos um pouco mais pesados, devido ao material utilizado, mas se equiparam a rendas nobres. As rendas são compostas de desenhos delicados, podendo criar detalhes mais fechados ou mais abertos, deixando o vestido mais sensual, porém sempre requintado. Quem não tem condições e encomendar um vestido todo de renda renascença pode optar por usá-la somente em detalhes, como num decote ou nas mangas.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

Deixe seu comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of